“A soberba precede a ruína” (Pv 16:18)

“A soberba precede a ruína” (Pv 16:18)

Observe a diferença entre as roscas dos parafusos:

A primeira se chama rosca comum e a segunda, rosca soberba.

As roscas comuns começam e terminam com a mesma espessura e são amplamente usadas para fixar peças metálicas. Já as roscas soberbas caracterizam-se por começarem finas e engrossarem. Podem ter a ponta levemente arredondada ou pontiaguda e são usadas principalmente para aparafusar madeira ou em uso conjunto com as buchas. A medida que o parafuso com rosca soberba penetra no material, ele exerce uma grande pressão na parede. Talvez isto possa servir de alegoria para ilustrar o que pode um homem soberbo fazer na sociedade.

 

A soberba

A soberba é o sentimento arrogante de falsa superioridade, é o pecado mais antigo do mundo; é a falta de humildade. Ela conduziu Satanás para rebelar-se contra o SENHOR, e a consequência foi a sua queda.
“Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filho da alva!
Como foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações!
Tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu;
acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do Norte;
subirei acima das mais altas nuvens e serei semelhante ao Altíssimo.
Contudo, serás precipitado para o reino dos mortos,
no mais profundo do abismo.” (Is 14:12-15)

 

Através da soberba, a serpente enganou a Eva (cf. Gn 3:5). O coração humano é suscetível a este pecado abominável:
“Abominável é ao SENHOR todo arrogante de coração;
é evidente que não ficará impune.” (Pv 16:5)

 

Bem, agora é hora de pegar a sua Bíblia e estudar o assunto:

-Não deixe de conferir os versículos anotados –
Deus resiste aos soberbos (cf. 1Pe 5:5; Dn 4:25-37; Mc 14:29);

 

1) Os soberbos enganam-se a si mesmo (1Co 10:12):

  • O pecado de Edom e o seu destino (Ob 1 ss);
  • O exemplo dos fariseus (Mt 23);
  • Os judeus tinham orgulho de sua descendência (Mt 3:9);
  • O homem rico orgulhou-se de suas provisões (Lc 12:19-20).

2) Os soberbos são desumanos (Ob 10-14):

  • Eles zombam do santuário de Deus (Mt 27:39 ss; Dn 5:1-4).

3) Ensoberbecer é auto-exterminar (Ob 4):

  • O orgulho e desobediência levaram Faraó à perdição (Êx 14);
  • O soberbo desconhece o entendimento (Dn 2:1-5);
  • Os olhos do soberbo não enxergam os seus próprios erros (Ap 3:18).
 
“[…] Não te ensoberbeças, mas teme.” (Rm 11:20)
“O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes,
não se ufana, não se ensoberbece” (1Co 13:4)
“[…] O saber ensoberbece, mas o amor edifica.” (1Co 8:1)
“Ouvi e atentai: não vos ensoberbeçais; porque o SENHOR falou.”
(Jr 13:15)

Pregos


Embora não possuam roscas, o princípio do funcionamento do prego não é muito diferente do de roscas soberba: Os pregos penetram no material e se enroscam na sua parede, agarrando-a.

O nosso Senhor Jesus foi pregado na cruz derramando o Seu precioso sangue para lavar e perdoar os nossos pecados, inclusive o pecado da soberba.

“E dizia: O que sai do homem, isso é o que o contamina.
Porque de dentro, do coração dos homens, é que procedem os maus desígnios, a prostituição, os furtos, os homicídios, os adultérios, a avareza, as malícias, o dolo, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Ora, todos estes males vêm de dentro e contaminam o homem.” (Mc 7:20-23)



Veja no vídeo abaixo a curiosa cerimônia de abertura e fechamento da fronteira entre a Índia e o seu rival Paquistão – um verdadeiro show de soberba mútua.

Pastor Daniel Shinjo