Showa Shinzan (昭和新山)

No último sábado, 20 de Maio, abrimos o Livro de Gênesis e conferimos, entre muitos maravilhosos detalhes da história do dilúvio, a possibilidade de nos tempos de Noé os “altos cumes” não serem tão altos como são hoje, isto porque a superfície terrestre está em constante mudança ocasionada por fenômenos vulcânicos e pela movimentação de placas tectônicas.

“Prevaleceram as águas excessivamente sobre a terra e cobriram todos os altos montes que havia debaixo do céu. Quinze côvados acima deles prevaleceram as águas; e os montes foram cobertos.” (Gn 7:19-20) 

DSCN0235

Geralmente pensa-se ser necessário alguns milhões de anos para se obter algum resultado significante na medição da altitude de uma montanha, mas isto é muito variável. Veja o curioso caso do monte Showa Shinzan, localizado no norte do Japão:

 

Showa Shinzan (昭和新山)

Etimologia:

Showa (昭和): referente ao período entre os anos 1926 e 1989, correspondente ao reinado do imperador japonês Hirohito;

Shinzan (新山): montanha nova.

Portanto, Showa Shinzan significa Nova Montanha do Período Showa.

 

Localização: Hokkaido, Japão

shinzan

Local onde se elevou o Showa Shinzan

 

Showa Shinzan é um monte vulcânico que se formou desde um campo de plantação de trigo e que se elevou rapidamente até atingir os incríveis 398 metros de altura em pouco mais de 21 meses (dezembro de 1943 – setembro de 1945).

 

Durante o rigoroso inverno de 1943, em plena Segunda Guerra Mundial, uma sequência de terremotos foi registrada na região sudoeste da ilha de Hokkaido. Em alguns dias foram registrados mais de 200 tremores sísmicos.

 

Mimatsu-diagram

Topografia do terreno (mês/dia)

Meses depois do começo de tremores, uma protuberância começou a se espalhar para o norte, atingindo até altura de 50 metros em algumas áreas. Fissuras começaram a aparecer nas terras vizinhas. A fissura mais longa registrada foi de cerca de 600 metros de comprimento. Em 22 de junho de 1944, houve cerca de 250 terremotos em apenas um dia, e a protuberância do solo subiu 150 centímetros.

 

Segundo os relatos de moradores locais, às 8:15 do dia 23 de junho de 1944, uma fumaça começou a sair das fissuras e, logo após, houve uma grande erupção seguida de estrondo. Em 2 de julho de 1944, a erupção tornou-se ainda mais vigorosa. Em 7 de julho de 1944, uma onda piroclástica acompanhou a erupção. O pico atingiu a margem norte do Lago Toya, queimando florestas e casas.

 

Entre novembro de 1944 e setembro de 1945, a atividade de erupção parou completamente e uma cúpula de lava começou a tomar forma. O nascimento de Showa Shinzan estava finalmente completo. Mesmo assim, o vulcão continua a emitir fumaça até hoje.

“Ele é quem remove os montes, sem que saibam que ele na sua ira os transtorna; quem move a terra para fora do seu lugar, cujas colunas estremecem” (Jó 9:5-6)DSCN0192

 

O SENHOR é: “Quem sozinho estende os céus e anda sobre os altos do mar” (Jó 9:8)

 

O SENHOR é: “Quem faz grandes coisas, que se não podem esquadrinhar, e maravilhas tais, que se não podem contar.” (Jó 9:10)

 

“Antes que os montes nascessem e se formassem a terra e o mundo, de eternidade a eternidade, tu és Deus.” (Sl 90:2)