Recebestes, porventura, o Espírito Santo quando crestes?

Esta é uma pergunta de suma importância no Evangelho.

1. Paulo quando esteve em Éfeso, encontrou-se com alguns homens que se diziam discípulos – nos dias de hoje, é comum dizer crentes, evangélicos ou irmãos. A estes, perguntou-lhes Paulo:

” Recebestes, porventura, o Espírito Santo quando crestes?” (At 19:2)

 

 2. Uma ordem importante que o nosso Senhor Jesus Cristo nos deu ao ressuscitar:

“Recebei o Espírito Santo.” (Jo 20:22)

 

3. Quando Filipe pregou em Samaria, muitas pessoas foram batizadas em nome do Senhor Jesus, porém, como ainda não haviam recebido o Espírito Santo, os demais apóstolos enviados de Jerusalém oraram por esses novos convertidos para que recebessem o Espírito Santo (At 8:14-17):

“Então, lhes impunham as mãos, e recebiam estes o Espírito Santo.” (At 8:17)

 

4. Na conversa com Nicodemos, o Senhor o ensinou:

“[…] Quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus.” (Jo 3:5)

 

5. O Espírito Santo é selo e garantia da nossa salvação, juntamente com o batismo nas águas em nome do Senhor Jesus Cristo:

“Entretanto, o firme fundamento de Deus permanece, tendo este selo: O Senhor conhece os que lhe pertencem.” (2Tm 2:19)

 

“[…] Nos selou e nos deu o penhor do Espírito em nosso coração.” (2Co 1:22)

 

“[…] Também vós, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação, tendo nele também crido, fostes selados com o Santo Espírito da promessa; o qual é o penhor da nossa herança, até ao resgate da sua propriedade, em louvor da sua glória.” (Ef 1:13-14)

 

Como você pode reparar, o recebimento do Espírito Santo é uma questão fundamental para a nossa salvação.

6. No dia de Pentecostes, uma multidão recebeu o Espírito Santo:

“Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem.” (At 2:4)

 

7. Na epístola de Paulo aos romanos está escrito:

“[…] E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.” (Rm 8:9)

 

8. Não basta se dizer crente. O verdadeiro homem de Deus é guiado pelo Espírito Santo:

“Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.” (Rm 8:14)

 

9. Consequentemente, o homem que não tem o Espírito Santo não consegue entender as maravilhas do Senhor:

“Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.” (1Co 2:14)

 

10. O Espírito Santo e o Seu recebimento é um assunto sagrado  e seríssimo. Por isso, a blasfêmia contra o Espírito Santo é imperdoável:

“Mas aquele que blasfemar contra o Espírito Santo não tem perdão para sempre, visto que é réu de pecado eterno.” (Mc 3:29) 

 

Como posso saber se recebi o Espírito Santo?

11. Ouvimos relatos de pessoas que dizem ter o Espírito Santo porque caíram para trás, ou que sentiram uma imensa emoção e começaram a chorar de emoção descontroladamente, ou ainda, que sentiram as suas mãos puxadas para o alto. Todas estas coisas e muito mais são perfeitamente possíveis, porém não são regras.  A prova bíblica para o recebimento do Espírito Santo é o dom de línguas. Leia At 2

 “E os fiéis que eram da circuncisão, que vieram com Pedro, admiraram-se, porque também sobre os gentios foi derramado o dom do Espírito Santo; pois os ouviam falando em línguas e engrandecendo a Deus.” (At 10:45-46)

 

12. O Espírito Santo vem habitar em nós:

“Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (1Co 3:16)

“Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?” (1Co 6:19)

 

Você recebeu o Espírito Santo quando creu no

Senhor Jesus Cristo?