“Conheçamos e prossigamos em conhecer ao SENHOR […]” (Os 6:3)



A Bíblia afirma que o conhecimento de Deus é motivo de grande orgulho para o homem; por isso, devemos prosseguir em conhecê-Lo. O conhecimento de Deus é muito mais importante do que sacrifícios. Em Os 4:1, o SENHOR se lamenta dizendo que o conhecimento de Deus havia desaparecido em Israel. A falta de conhecimento afasta o homem de Deus e o destrói.

 

A doutrina trinitarista diz que a trindade é um mistério impossível de se entender; já, os menos interessados em buscar o Senhor apenas se limitam em dizer que este assunto é polêmico. Os dois pontos de vista condenam as pessoas a não conhecerem o Salvador (cf. Mt 23:13), no entanto, veja o que diz o próprio SENHOR:
“Mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu sou o SENHOR […]” (Jr 9:24)

 

“Pois misericórdia quero, e não sacrifício, e o conhecimento de Deus, mais do que holocaustos.” (Os 6:6)

 

Igreja é chamada casa de Deus e corpo de Cristo, sendo Ele mesmo o cabeça da igreja (cf. Cl 1:18). Em primeiro lugar, é necessário as pessoas saberem identificar o Senhor da igreja para que a adoração não seja em vão. Paulo diz que existem muitos que são chamados deuses e que até o ventre passa a ser um deus para os comilões (cf. Fp 3:19).

 

Você tem notado que não basta dizer Senhor, Senhor! ou Deus! Pai! Altíssimo… Os verdadeiros filhos de Deus, conhecem o Pai: a Sua identidade, o Seu nome, a Sua vontade e os Seus desígnios.