Por que JESUS foi recebido com ramos de palmeiras?

Ao entrar na cidade de Jerusalém, o Senhor JESUS foi recebido pelas multidões que estendiam ramos de árvores pelo caminho:

“No dia seguinte, a numerosa multidão que viera à festa, tendo ouvido que Jesus estava de caminho para Jerusalém, tomou ramos de palmeiras e saiu ao seu encontro, clamando: Hosana! Bendito o que vem em nome do Senhor e que é Rei de Israel” (Jo 12:12-13)

 

Dos quatro evangelhos, somente João diz ‘ramos de palmeiras’. Na verdade, não precisava ser necessariamente ramos de palmeiras, por isso, podemos observar que Mateus apenas diz “ramos de árvores” (Mt 21:8); ao passo que Marcos diz “ramos que haviam cortado dos campos” (Mc 11:8); e Lucas omitiu esse detalhe. Este era um costume herdado dos tempos do êxodo, quando o SENHOR ordenara a Festa dos Tabernáculos:

“No primeiro dia, tomareis para vós outros frutos de árvores formosas, ramos de palmeiras, ramos de árvores frondosas e salgueiros de ribeiras; e, por sete dias, vos alegrareis perante o SENHOR, vosso Deus.” (Lv 23:40)

 

O termo ‘ramos’ é tradução de várias palavras hebraicas e gregas que significam: rebento, renovo, broto, galho, ramo, palma, etc. É interessante que muitas vezes, estes termos são empregados pelos profetas do Antigo Testamento para indicar o Cristo que havia de vir:

    • Isaías: “Do tronco de Jessé sairá um rebento, e das suas raízes, um renovo” (Is 11:1);
    • Jeremias: “Naqueles dias e naquele tempo, farei brotar a Davi um Renovo de justiça […]” (Jr 33:15);
    • Zacarias: “Eis aqui o homem cujo nome é Renovo; ele brotará do seu lugar e edificará o templo do SENHOR” (Zc 6:12).

 

Por que as multidões estendiam vestes no caminho para JESUS passar?

JESUS foi recebido pelo povo como o Rei. Este é um ato de reconhecimento. Quando Jeú foi proclamado rei de Israel, os seus homens estenderam os seus mantos como está em 2Rs 9:13:

“Então, se apressaram, e, tomando cada um o seu manto, os puseram debaixo dele, sobre os degraus, e tocaram a trombeta, e disseram: Jeú é rei!”

 

 Por que o povo clamava “Hosana”?

Hosana significa “Salva-nos, te rogamos”. Os judeus fariseus sabiam que Um só é Deus Salvador (Is 43:11): o SENHOR YHWH. Por isso, irritaram-se ao ver as multidões clamando a JESUS usando palavras que lhes era permitido usar somente para se dirigirem a Deus. Os fariseus disseram a JESUS para que as repreendesse, mas JESUS confirmou ser Ele Deus, Rei e Salvador:

“Mas ele lhes respondeu: Asseguro-vos que, se eles se calarem, as próprias pedras clamarão.” (Lc 19:40) 

 

Ao abrirmos o livro do profeta Zacarias, podemos observar mais uma magnífica profecia a respeito do nosso Senhor JESUS Cristo: o sumo sacerdote Josué (Zc 3:1-10 e 6:9-15). O significado do nome JOSUÉ é YHWH Salvador, o mesmo que JESUS. Portanto, o sumo sacerdote Josué da época de Zacarias é prefiguração de JESUS, o sumo sacerdote (Hb 3:1) e RENOVO.

 

Todos esses acontecimentos da entrada triunfal do Senhor na cidade de Jerusalém foram cumprimentos das profecias (Jo 12:16). No Salmo 118 está escrito:

  • V. 24 – “Este é o dia que o SENHOR fez; regozijemo-nos e alegremo-nos nele.” Veja: Sábado de ramos
  • V. 25 – “Oh! Salva-nos, SENHOR, nós te pedimos; oh! SENHOR,  concede-nos prosperidade!” Veja: O que significa Hosana?
  • V. 26 – “Bendito o que vem em nome do SENHOR. A vós outros da Casa do SENHOR, nós vos abençoamos.” 
  • V. 27 – “O SENHOR é Deus, ele é a nossa luz; adornai a festa com ramos até às pontas do altar.” 

 

Conclusão

JESUS Cristo é o Renovo prometido, o único Deus Salvador que se fez carne e “tabernaculou entre nós”. Hosana! Hosana! As multidões que tiveram esse entendimento estenderam as suas vestes pelo caminho para proclamar o Rei dos reis, pedindo-Lhe a salvação. Vem Senhor JESUS!