Por que Deus mandou matar criancinhas?

Há quem pergunte: Se Deus é bom, por que mandou matar criancinhas inocentes?

 

Em primeiro lugar, Deus é bom, sim! Nós é que somos maus:

“Ora, se vós, que sois maus […]” (Mt 7:11)

 

Há duas respostas à morte de crianças:

 

1. Deus poupa os bons

Quando Davi cometeu adultério com Bate-Seba, nasceu-lhes um menino, porém, o SENHOR feriu-o com uma enfermidade mortal. Este castigo não foi dado à criança, mas aos pais. Deus misericordioso poupou o menino de ter  uma vida de tristezas e de problemas por ser bastardo, nascido de um relacionamento ilícito.

 

A ideia de que a morte é um castigo vem da mentalidade pagã, onde ela é sempre relacionada às trevas, tristeza, desgraça, perdição, castigo, etc. Já a doutrina bíblica nos ensina que a morte física dos salvos é encontro com o SENHOR numa nova vida.

 

2. Deus é onisciente

ADN-ZB Adolf Hitler faschistischer Führer, Hauptkriegsverbrecher. geb: 20.4.1889 in Braunau (Inn) gest: (Selbstmord) 30.4.1945 in Berlin Kinderbildnis

Adolf Hitler

Onisciência é capacidade de saber de tudo; um atributo exclusivo do SENHOR. Assim, nós que não conhecemos o futuro, julgamos diferentemente do Juiz. Quando o SENHOR ordenou aos israelitas que matassem todos os inimigos, inclusive crianças de peito (Js 6:21; 1Sm 15:3; 22:19; etc.), alguns dos líderes de Israel tiveram pena, e pouparam a vida delas. Bem, o resultado dessa desobediência… é só você conferir na própria Bíblia, nos atuais noticiários internacionais, ou observar a foto da linda e inocente criança ao lado:

 

*Este texto não é incentivo à violência, mas somente explicação a respeito dos fatos narrados na Bíblia.