Por que Davi foi perdoado, mas Saul não?

Saul e Davi: primeiro e segundo rei de Israel, respectivamente; ambos foram escolhidos por Deus e ungidos por profetas, mas acabaram cometendo graves pecados. Saul foi repreendido pelo profeta Samuel, e Davi, pelo profeta Natã. Davi obteve perdão do SENHOR, mas Saul não, o que o levou a um fim trágico e vergonhoso.

 

O porquê do perdão e a condenação do SENHOR podem ser observados abaixo. Ao ser repreendido pelo profeta enviado por Deus:

  • Davi respondeu: “Pois eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim. Pequei contra ti […]” (Sl 51:3-4).
  • Saul respondeu: “[…] Pelo contrário, dei ouvidos à voz do SENHOR e segui o caminho pelo qual o SENHOR me enviou […] mas o povo tomou do despojo ovelhas e bois […]” (1Sm 15: 20-21).
  • Natã disse a Davi: “[…] Também o SENHOR te perdoou o teu pecado; não morrerás.” (2Sm 12:13).
  • Samuel disse a Saul: “[…] A rebelião é como o pecado de feitiçaria, e a obstinação é como a idolatria e culto a ídolos do lar. Visto que rejeitaste a palavra do SENHOR, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei.” (1Sm 15:23). Posteriormente, Saul pronunciou algumas palavras de arrependimento, porém, tarde demais. Não houve mais aceitação da parte do SENHOR.

Justificação de Saul

Vemos que Davi se arrependeu, porém Saul procurou justificar-se do seu erro, e ainda atribuiu o seu pecado aos seus homens. Aqui, neste caso, Saul procurou ‘tornar justo’ o que não é, diante de Deus, ao passo que Davi se rendeu completamente ao SENHOR. Davi admitiu, reconheceu o seu erro e pediu perdão; ao contrário de Saul que procurou uma saída maliciosa, alegando “ideia melhores do que a de Deus”, atribuindo, assim, a sua culpa ao povo. Ora, ninguém pode ter ideia melhor do que a do SENHOR Todo-Poderoso!

 

Deus é rico em perdoar, mas ELE não pode perdoar os que não se arrependem. Por isso, a mensagem do evangelho pregado por JESUS Cristo foi:

“[…] Arrependei-vos e crede no evangelho.” (Mc 1:15)