O que estão fazendo com as igrejas?

Para nós que cremos no Senhor JESUS Cristo, a salvação é um assunto prioritário, importantíssimo e obrigatório, mas parece que em muitas religiões, a salvação não é um assunto tão importante. Na verdade, a salvação é assunto somente do judaísmo e do cristianismo. Então nos perguntamos: o que outras religiões pregam nas suas reuniões?

 

As religiões do mundo ensinam buscar o bem estar, o sucesso, a realização, a vitória sobre as dificuldades humanas, o amor, a bondade, a prosperidade, o equilíbrio entre o bem e o mal, etc. Para muitas pessoas, isto é o que importa, e onde tem tudo isso, é a religião certa para elas. Todas as religiões (ou quase todas) têm ensinamentos e filosofias maravilhosas que se forem seguidas a risca, podem mudar a vida dos seus seguidores – estas são religiões antropocêntricas (anthropos = homem). No entanto, devemos notar que existem muitos ateus que vivem bem, e se dão bem em tudo, conseguindo melhores notas nos estudos, melhores empregos, melhores salários, têm família unida e feliz, uma vida confortável, etc. E estes ateus dizem não ser preciso crer em Deus, nem ir à igreja para conquistar todos os seus desígnios.

De fato, os ímpios também prosperam. No Livro dos Salmos, lemos:

“Eis que estes são ímpios, e prosperam no mundo; aumentam em riquezas.” (Sl 73:12)

 

O papel da igreja é anunciar o Salvador JESUS e a Sua salvação

“E disse-lhes: Assim está escrito, e assim convinha que o Cristo padecesse, e ao terceiro dia ressuscitasse dentre os mortos, e em seu nome se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém.” (Lc 24:46-47)

 

Desde Gênesis até Apocalipse, observamos que a mensagem da Bíblia é salvação. Evangelho significa boa notícia, e qual a melhor notícia senão a respeito da salvação da nossa alma?

 

O evangelho que devemos pregar é, portanto, o mesmo que o nosso Senhor pregava. Observe no versículo abaixo que o Senhor JESUS foi claro e objetivo:

“O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho.” (Mc 1:15)

 

Riqueza, prosperidade, cura… tudo isso é bom, porém o Senhor disse:

“Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? […]” (Mt 16:26)

 

Conceito errado a respeito da igreja

A situação das pessoas que não conhecem verdadeiramente o único Salvador JESUS Cristo é alarmante. Parece que elas têm frases feitas na ponta da língua e dizem: Sendo uma pessoa boa serei salva; não importa a religião; nunca fiz nada errado; conheço muita gente que vai à igreja e é bem pior do que eu… etc. Realmente, as pessoas não tem mínima noção do que seja a Salvação em Cristo JESUS! Outras dizem com todo orgulho, como se fossem conhecedores de tudo: já fui para todas as religiões. Para mim, quem diz assim, está totalmente perdido, perambulando de porta em porta, por isso, não tem de que se orgulhar.

 

Com este conceito deturpado a respeito de salvação e igreja, não é de se admirar que só enxerguem a igreja como uma agência de beleza interior, instituição de educação moral, ou talvez, um spa mental para que os seus frequentadores se sintam bem, por isso, muitas pessoas que se dizem autoconfiantes, prósperos ou que tem autodomínio pensam não precisarem de igreja. Neste conceito, igreja fica sendo apenas um luxo para alguns e supérfluo para outros. A verdadeira igreja de Deus não é nada disso. Veja o que diz a palavra de Deus:

“[…] A igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue.” (At 20:28)

 

Creio que aos olhos de muita gente, a verdadeira igreja é sem graça porque não tem cursos de arte, finanças, jardinagem, assistência psicológica, dentária, médica, jurídica, nem telão, sistema de som eficiente, banda… só tem gente falando em línguas ininteligíveis, orações e pregações monótonas.

“[…] Jesus, entrando no templo, começou a expulsar os que vendiam e compravam no templo; e derrubou as mesas dos cambiadores e as cadeiras dos que vendiam pombas.” (Mc 11:15)

 

“E os ensinava, dizendo: Não está escrito: A minha casa será chamada, por todas as nações, casa de oração? Mas vós a tendes feito covil de ladrões.” (Mc 11:17)

 

Parece que ainda hoje as pessoas não entenderam o motivo pelo qual o Senhor ficou tão indignado e continuam seguindo pela contramão. Clique abaixo para entender a capa desta postagem:

images

 

http://noticias.terra.com.br/mundo/estados-unidos/grupo-arrecada-doacoes-para-construir-mcdonalds-em-igreja,e47e150b356f9410VgnVCM5000009ccceb0aRCRD.html

 

As pessoas do mundo não conhecem o verdadeiro Salvador JESUS, por isso, não podem conhecer a verdadeira salvação

Certa vez, perguntei a um líder de uma seita a respeito da salvação. Este, com um enorme entusiasmo, procurou me explicar e disse:

“Vou te dar um maravilhoso testemunho: eu viajava pela Via Dutra (estrada que liga São Paulo ao Rio de Janeiro) quando o meu automóvel se desgovernou em alta velocidade e capotou três vezes. O automóvel ficou irreconhecível e qualquer transeunte que visse a situação diria que os ocupantes não teriam tido nenhuma chance, porém eu saí do automóvel sem nenhum arranhão. Isto é salvação!”

 

Sim, concordo; isto não deixa de ser salvação; mas a salvação que o nosso Senhor JESUS Cristo nos trouxe é muito mais do que isso: Trata-se da salvação do nosso corpo e da alma para a vida eterna no reino de Deus. É o que chamamos de verdadeira salvação.

Outra vez li na secção de perguntas e respostas de revista de uma seita:

Pergunta: Mestre, flagrei o meu marido andando de mãos dadas com outra mulher. No momento, não sabia o que fazer; então, a minha reação foi vir correndo para casa, me trancar no quarto e chorar. O que devo fazer?

 

Resposta: Minha filha, não fique triste. Em primeiro lugar, devemos entender que deus* é perfeito e pecado não existe. Tudo que deus* fez é perfeito, por isso, deus* não fez pecado. Pecado é fruto da imaginação do homem; livre-se dessa mentalidade e desfrute das coisas maravilhosas que deus* fez. Somos todos filhos de deus*: eu, você, o seu marido, aquela mulher com quem o seu marido estava de mãos dadas – todos somos filhos de deus*, somos todos irmãos. O seu marido está amando a sua irmã, e isto é bonito. Quando você entender este mistério, virá paz no seu coração e saberá perdoar qualquer pessoa e viver uma vida pura, sem ódio ou tristeza. 

*deus pagão dos conceitos mundanos

 

É impressionante que milhões de pessoas aprendem e creem nestes ensinamentos diabólicos. Daí repare: se o pecado não existe no conceito dessas seitas, consequentemente não há necessidade de salvação, nem do Salvador. Religião para as pessoas do mundo é apenas um conceito, uma filosofia de vida, conformismo ou ignorância para com o pecado sem o conhecimento de Deus.

 

Você se sente bem na igreja?

O sentir-se bem ou não na igreja não deve ser usado como parâmetro para seguir o Senhor JESUS. Certamente, pessoas endemoninhadas não se sentem confortáveis na igreja. Por outro lado, muitas pessoas se sentem bem praticando esportes ou brincadeiras radicais, porém isto não quer dizer que o Senhor está presente ali.

 

A proposta do evangelho

Na verdadeira igreja não deve haver só propostas de prosperidade, conforto, praticidade e imediatismo, mas muito mais de temor, vergonha, tristeza, em meio a muitas lutas, sofrimentos e perseguições (cf. At 9:16; Hb 10:32). O Senhor JESUS disse para segui-Lo carregando cada um de nós, a própria cruz, e isto, certamente não é nada confortável para quem vive na carne. A salvação está unicamente em Cristo. O evangelho nos convence do pecado e nos leva ao arrependimento. Ora, o ato de se arrepender é constrangedor e por isso, nada confortável. Então, procure entender o que estou dizendo: ninguém pode escolher a igreja simplesmente porque se sente bem ou rejeitar por se sentir mal ou não sentir nada. Na verdadeira igreja, hora você é advertido, constrangido, entristecido, hora é abençoado, elogiado e recompensado.

 

A verdadeira igreja deve anunciar a salvação. A Bíblia diz:

Clique: A verdadeira religião

  • Não somos salvos pelas nossas próprias obras (cf. Ef 2:9);
  • O homem é salvo pela graça (cf. Ef 2:8);
  • Quem crer e for batizado será salvo (cf. Mc 16:16);
  • Não há salvação, senão em nome de JESUS Cristo (cf. At 4:12);
  • Arrependei-vos e crede no evangelho (Mc 1:15).

 

“Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia, corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta, olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus.” (Hb 12:1)