O significado bíblico do nascimento de Jesus Cristo

1. O real significado do nascimento de JESUS Cristo é muito mais do que se imagina: é a vinda de Deus a este mundo. Compare os seguintes versículos:

    • No Antigo Testamento, o Senhor YHWH declara ser o Único Salvador. (cf. Is 43:11);
    • E no Novo Testamento, um anjo de Deus declara: nasceu o Cristo, Salvador. (Lc 2:9-10).

 

2. Deve-se entender como nascimento de JESUS Cristo, a encarnação daquele que já existia:

    • João, o batista, que nascera 6 meses antes do Senhor JESUS (cf. Lc 1:26), disse: Ele “já existia antes de mim.” (Jo 1:14);
    • O apóstolo João também dá o seu testemunho a respeito de JESUS: “[…] O Verbo era Deus […] E o Verbo se fez carne e habitou entre nós […]” (Jo 1:1 e 14);
    • Paulo falou de um grande mistério revelado: “E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Deus se manifestou em carne, foi justificado no Espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo, recebido acima na glória.” (1Tm 3:16);
    • Na Epístola aos Hebreus está registrado: “Ele, Jesus, nos dias da sua carne […]” (Hb 5:7).

 

3. Não podemos obter resposta ao perguntarmos onde estávamos antes do nosso próprio nascimento; porém, se fizermos esta pergunta ao Senhor JESUS, Ele responde:

    • “Em verdade, em verdade eu vos digo: antes que Abraão existisse, EU SOU.” (Jo 8:58)

 

4. Deus que é o Pai e Criador, veio em forma de Criatura, por isso foi chamado Filho:

  • JESUS disse: “Quem me vê a mim vê o Pai” (Jo 14:9);
  • E em outra ocasião, disse: “Ninguém vem ao Pai, senão por mim” (Jo 14:6). Repare que o Senhor não disse “vai”, mas “vem” porque Ele é o Pai encarnado.

 

5. Deus que é invisível, vestiu-se de um corpo visível:

  • Por isso, JESUS disse: “Se vós me tivésseis conhecido, conheceríeis também a meu Pai. Desde agora o conheceis e o tendes visto.” (Jo 14:7);
  • E continuando, afirmou: “Quem me vê a mim vê o Pai” (Jo 14:9);
  • Paulo também testemunhou: “Porquanto, nele, habita, corporalmente, toda a plenitude da Divindade.” (Cl 2:9).

 

6. JESUS Cristo é Deus que veio a este mundo em forma humana:

    • “Que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens.”  (NVI – Fp 2:6-7);
    • “Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.” (Jo 1:11). O motivo pelo qual não receberam o Senhor está registrado em Jo 5:18: “Por isso, pois, os judeus mais ainda procuravam matá-lo, porque não somente violava o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus.”

 

7. A profecia dada há quase 750 anos antes, por intermédio de Isaías, foi confirmada pelo evangelista Mateus:

  • “Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho e lhe chamará Emanuel” (Is 7:14);
  • “Ora, tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que fora dito pelo Senhor por intermédio do profeta: Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, e ele será chamado pelo nome de Emanuel (que quer dizer: Deus conosco).” (Mt 1:22-23).

 

8. Emanuel significa Deus conosco; JESUS significa YHWH Salvador. Então JESUS é o SENHOR Deus Eterno que já existia, e que falou com os patriarcas, Moisés e outros profetas, e que veio habitar conosco:

  • “Pela fé, ele [Moisés] abandonou o Egito […]” (Hb 11:27);
  • “Porquanto considerou o opróbrio de Cristo por maiores riquezas do que os tesouros do Egito […]” (Hb 11:26);
  • “Em verdade, em verdade eu vos digo: antes que Abraão existisse, EU SOU.” (Jo 8:58)

 

9. Deus veio habitar no nosso meio:

  • Deus disse na época de Moisés: “E me farão um santuário, para que eu possa habitar no meio deles.” (Êx 25:8);
  • João testemunhou: “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós […]” (Jo 1:14);
  • JESUS disse: “Destruí este santuário, e em três dias o reconstruirei.” (Jo 2:19); e em seguida João explica: “Ele, porém, se referia ao santuário do seu corpo. Quando, pois, Jesus ressuscitou dentre os mortos, lembraram-se os seus discípulos de que ele dissera isto; e creram na Escritura e na palavra de Jesus.” (Jo 2:22).

 

10. Quem é o Deus que ressuscitou JESUS?

  • JESUS declarou: “Destruí este santuário, e em três dias [Eu] o reconstruirei.” (Jo 2:19); “Ele, porém, se referia ao santuário do seu corpo. (Jo 2:22).
  • Paulo confirmou: “[…] Tirando- o do madeiro, puseram-no em um túmulo, mas Deus o ressuscitou dentre os mortos” (At 13:29-30).

 

11. Aos verdadeiros cristãos está ordenado a celebrar a morte e a ressurreição do Senhor JESUS Cristo (1Co 11:25-26), e não o Seu nascimento, pois como vimos acima, Deus é Eterno e já existia antes de todas as coisas, e apareceu neste mundo como humano para derramar o Seu sangue para nos redimir; como está escrito:

  • “[…] A igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue.” (At 20:28)

 

12. É muito importante lembrarmos que Maria não é “mãe de Deus”, como dizem os católicos. Maria foi mãe de JESUS Cristo homem (cf. 1Tm2:5), mas não de JESUS Cristo Deus, pois Deus sendo Eterno, não pode ter mãe. Por isso, na Epístola aos Hebreus, ao falar acerca de JESUS, identificado na pessoa de Melquisedeque se diz que era:

  • […] Sem pai, sem mãe, sem genealogia; que não teve princípio de dias, nem fim de existência […]” (Hb.7:3).