O Reino dos Nabateus

Nebaiote, filho de Ismael e cunhado de Edom (Gn 25:13 e 28:9), possivelmente foi o ancestral dos nabateus que fundaram a cidade de Petra, na atual Jordânia –  eleita há alguns anos como uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno.

Ad-Deir

 

Provavelmente, Arão, o irmão de Moisés, morreu naquela região.

 

O lugar é impressionante – é necessário, no mínimo, reservar um dia inteiro para conhecer o sítio arqueológico. Al-Khazneh e Ad-Deir são alguns dos muitos monumentos de inspiração helenística esculpidos nas rochas.

 

 

Al-Khazneh

A história dos nabateus, conforme reconstruída por referências incidentais, consiste principalmente de lutas pela conquista do controle do Neguebe ao sul, e de Damasco, ao norte. Aretas III e Aretas IV, os últimos reis dos nabateus, conseguiram dominar ambas áreas durante alguns anos, assim obtendo controle completo do comércio entre o oriente e o ocidente. No Novo Testamento está relatado que um oficial de Aretas IV perseguiu o Apóstolo Paulo em Damasco, porém ele conseguiu escapar:

“Em Damasco, o governador preposto do rei Aretas montou guarda na cidade dos damascenos, para me prender; mas, num grande cesto, me desceram por uma janela da muralha abaixo,e assim me livrei das suas mãos.”  (2Co 11:32~33)

 

Há indícios históricos de que a filha de Aretas IV casou-se com Herodes Antipas, mas divorciou-se dele quando ele desejou casar-se com Herodias (Mc 6:17).