É lícito ao cristão jogar baralho?

Certamente, o jogo de baralho não é um passatempo saudável para verdadeiros cristãos. Mesmo que você diga que é por entretenimento, sem apostas de valores, o baralho vicia; e o tempo precioso que o cristão deveria estar lendo a Bíblia e estar servindo ao SENHOR passa a ser dedicado a este vício, em meio a conversas tolas. Assim Bíblia diz:

“Não andarás como mexeriqueiro entre o teu povo […]” (Lv 19:16)  

 

O baralho não glorifica a Deus

A Bíblia nos ensina:

“Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus.” (1Co 10:31)

 

Não é ambiente cristão

Não é ambiente cristão

No entanto, o ambiente criado nos jogos de baralho é exatamente oposto às recomendações da Bíblia: Apostas, bebidas, gritaria, palavras de baixo calão, brigas, roupas indecentes e até prostituição – tudo isso prova que baralho não é nada inocente; pelo contrário, é uma maneira de zombar de Deus.

“Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará.” (Gl 6:7) 

 

O baralho desperta cobiça (vontade de ganhar)

“Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte.” (Tg 1:15)

 

O baralho está ligado ao ocultismo

Bruxaria, feitiçaria, espiritismo, adivinhação (cf. Lv 19:26 – lembre-se que a cartomancia é adivinhação): O jogador de baralho tenta constantemente adivinhar* a próxima jogada e derrubar* o adversário*, muitas vezes, em meio a mentiras* e trapaças*. Ora, todas estas práticas marcadas com * estão intimamente relacionadas ao Inimigo.

“Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniquidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas? “ (2Co 6:14)

 

Dicionário

  • Baralho: vem da palavra embaralhar. O seu significado é tirar de ordem; confundir; desarrumar.
  • Jogo: do Latim jocus que significa gracejo, zombaria.

Tais significados são suficientes para a não existência deste tipo de passatempo nos lares cristãos.

 

Você sabia?

O rei de espadas representa o rei Davi; mas isto não é nenhuma homenagem a este grande homem de Deus. Os outros são Carlos Magno (rei de copas); Alexandre, o Grande (rei da Macedônia – rei de Paus); e Júlio César (imperador romano – rei de ouros). Repare que Davi foi colocado juntamente com os maiores vilões do cristianismo. A semelhante zombaria acontece com as damas:

Raquel, esposa de Jacó (dama de ouros) ao lado de deusa pagã grega Atenas,  (dama de espadas).

 

Conclusão

Não há dúvidas que o baralho, em razão de sua origem escarnecedora, é diabólica. Usando os mais variados recursos, o Satanás tenta desesperadamente envolver ao pecado até mesmo os escolhidos de Deus (cf. Mt 24:24). O verdadeiro cristão possui outros recursos para se alegrar e se divertir, portanto, não há necessidade de usar estes meios sugeridos pelo Maligno.

 

Até mesmo nos momentos de descontração, nós, como novas criaturas de Deus, devemos cumprir a missão de comprovar o poder transformador do evangelho que recebemos. Devemos buscar não apenas uma alegria transitória, mas a verdadeira alegria de vidas santificadas pelo Espírito Santo.