JESUS não invalidou o sábado

Sábado: Hebraico Shabat que significa descanso, repouso. A palavra sábado é usada na Bíblia não só para designar o sétimo dia da semana, mas também para referir-se aos feriados religiosos citados no A.T.

 

No Antigo Testamento há cerca de 600 leis. Quais foram extintas e quais permanecem até hoje?

Se prestarmos atenção às leis do Antigo Testamento, podemos notar que há leis cerimoniais e civis. As leis cerimoniais são as relacionadas com obras sacerdotais que o nosso Senhor JESUS Cristo cumpriu como o mais perfeito sacerdote (Hb 9:11-12) e o mais perfeito sacrifício (Hb 9:23-28).

 

As leis cerimoniais não devem ser confundidas com leis civis que permanecem até hoje. As leis cerimoniais foram cumpridas por Cristo. Voltar à prática de leis cerimoniais é crucificar novamente o Senhor, o que é veemente condenado em Hb 6:6. Por outro lado, é óbvio que o “Não matarás” dado como mandamento na época de Moisés , bem como o não adulterarás, não furtarás, etc., são leis civis e devemos continuar cumprindo.

Veja: Por que Moisés não pôde entrar na terra de Canaã?

 

Tendo em vista isto, observemos as palavras em Cl 2:16-17:

“Ninguém, pois, vos julgue por causa de comida e bebida, ou dia de festa, ou lua nova, ou sábados, porque tudo isso tem sido sombra das coisas que haviam de vir; porém o corpo é de Cristo.”

 

A mensagem aos Colossenses refere-se ao sábado (feriado) cerimonial – é fácil perceber isso porque este está agrupado com outras leis cerimoniais. Como estudamos anteriormente, Cristo se tabernaculou na época da Festa dos Tabernáculos, morreu e ressuscitou na semana da Páscoa, e derramou o Espírito Santo no Pentecoste. Todas estas datas e festas cerimoniais do Antigo Testamento foram rigorosamente cumpridas pelo nosso Senhor JESUS Cristo, por isso, ELE mesmo afirmou dizendo que não viera para revogar a Lei, e sim para cumprir (cf. Mt 5:17).

 

Bem, você deve ter entendido que o sétimo dia da semana é sábado, mas nem todos os sábados (feriados) são no sétimo dia. Em algumas traduções da Bíblia está “sétimo dia”, em outras “sábado” e isto acaba confundindo alguns leitores. É o caso de Jo 19:31 que João se referiu ao feriado de Páscoa. Veja: O Senhor do Sábado.

 

O repouso do sétimo dia não foi abolido

O repouso semanal não é lei cerimonial. Repare que o repouso do sétimo dia foi dado assim que foram concluídos os céus e a terra, e as leis cerimoniais somente com Moisés. Quase todas as leis foram dadas em consequência do pecado do homem, mas a lei do sétimo dia foi dada antes do homem cometer pecado, ou seja, na conclusão da Criação.

 

JESUS não invalidou o sábado

Há quem diga que o Senhor aboliu o repouso semanal apoiando-se numa errada interpretação de algumas passagens do N.T. como quando o Senhor curou um paralítico no tanque de Betesda (Jo 5). Naquela ocasião, os judeus julgaram o Senhor digno de morte porque ELE “violava” sábado. Ora, talvez JESUS “violava” o sábado segundo as leis farisaicas, mas o que realmente importa, é que o sábado bíblico estava sendo cumprido pelo próprio Deus na terra. Veja as palavras de Isaías 58 a respeito do jejum de sábado:

“Porventura, não é este o jejum que escolhi: que soltes as ligaduras da impiedade, desfaças as ataduras da servidão, deixes livres os oprimidos e despedaces todo jugo? Porventura, não é também que repartas o teu pão com o faminto, e recolhas em casa os pobres desabrigados, e, se vires o nu, o cubras, e não te escondas do teu semelhante?” (Is 58:6-7)

 

Com base no texto acima, fica claro que JESUS não estava violando o sábado, mas dando exemplo de como devemos agir em especial neste dia. Assim, as atitudes do Senhor e dos Seus discípulos confirmam o que havia dito os profetas.

“No sábado, saímos da cidade para junto do rio, onde nos pareceu haver um lugar de oração; e, assentando-nos, falamos às mulheres que para ali tinham concorrido.” (At 16:13 – Início da pregação em Filipos e a conversão de Lídia)

 

JESUS é o Senhor do sábado

Esta declaração que o Senhor fez não significa que ELE, por ser o dono do sábado, poderia fazer o que bem entendesse neste dia, pelo contrário, significa que ELE é o centro deste santo dia, e que ELE deve ser louvado.

“Guardareis os meus sábados e reverenciareis o meu santuário. Eu sou o SENHOR.” (Lv 19:30)

 

No Novo Testamento está escrito que JESUS é o Senhor do sábado e no Antigo Testamento, o SENHOR YHWH declara ser DELE os sábados, deixando claro JESUS Cristo como o Único Deus.

“E acrescentou-lhes: O Filho do Homem é senhor do sábado” (Lc 6:5)