JESUS Cristo é o Senhor

O principal motivo pelo qual Saulo perseguiu os cristãos, foi que os cristão criam que JESUS Cristo é o Senhor. Parece tão simples dizer assim, mas o que significa “JESUS Cristo é o Senhor” (Fp 2:11)?

 

Saulo foi um homem rigorosamente doutrinado na seita farisaica (At 26:5), a mesma dos judeus que tramaram a morte do Senhor JESUS. Os judeus fariseus não admitiram que houvesse um outro:

  • Deus, porque segundo o A.T., só JAVÉ é Deus (Is 45:5);
  • Salvador, porque segundo o A.T., só JAVÉ é Salvador (Is 45:21);
  • Redentor, porque segundo o A.T., só JAVÉ é Redentor (Is 44:6);
  • Primeiro e Último, porque segundo o A.T., só JAVÉ é o Primeiro e Último (Is 44:6);
  • Rocha, porque segundo o A.T., só JAVÉ é a Rocha (Is 44:8);
  • Rei de Israel, porque segundo o A.T., só JAVÉ é o Rei de Israel (Is 44:6);
  • Rei da Glória, porque segundo o A.T., só JAVÉ é o Rei da Glória (Sl 24:10).

 

Quem és tu, Senhor?

rua direita

Rua Direita – Ao chegar em Damasco, Saulo se hospedou na casa de Judas, onde recebeu visita de Ananias (At 9:10-12)

 

Certo dia, Saulo prosseguia para Damasco a fim de maltratar os cristãos, quando subitamente brilhou uma luz do céu e ele ouviu uma voz que lhe dizia: “Saulo, Saulo, por que me persegues?” (At 9:4).

 

Ora, Saulo sendo fariseu (cf. At 23:6), sabia muito bem que um só é o Senhor (Ef 4:5); mesmo assim, ele perguntou: “Quem és tu, Senhor?”. E a resposta não poderia ter sido outra, senão, “Eu sou Jesus, a quem tu persegues”, afirmando claramente que JESUS é o único Senhor, o mesmo Senhor que na época do Antigo Testamento falou com os profetas.

 

Naquele momento, Saulo ficou completamente cego, mas abrindo o seu coração e agora obedecendo a JESUS, dirigiu-se a Damasco, onde recuperou a visão mediante a oração de Ananias e, este lhe disse:

“E agora, porque te demoras? Levanta-te, recebe o batismo e lava os teus pecados, invocando o nome dele.” (At 22:16)

 

“Nome dele” – qual era este nome?

Saulo, entendendo agora e identificando o Único Deus Salvador que ele cria desde a época do seu farisaísmo como o próprio JESUS Cristo, foi batizado em nome Dele, ou seja, em nome de JESUS Cristo. O mesmo Saulo, posteriormente chamado Paulo, ao se tornar pregador do evangelho, ordenou às pessoas receberem o batismo em nome de JESUS Cristo:

“Eles, tendo ouvido isto, foram batizados em o nome do Senhor Jesus.” (At 19:5)

 

Paulo não havia inventado uma nova fórmula batismal, porque:

  1. O evangelho que ele pregava não era segundo homens, mas mediante a revelação de JESUS Cristo (Gl 1:11-12);
  2. Tudo deve ser feito em nome de JESUS (Cl 3:17);
  3. Era mandamento de Deus (1Co 14:37).

 

Paulo, cheio de Espírito Santo, passou a ter ciência de que JESUS Cristo a quem ele perseguia nos dias de sua ignorância é realmente:

  • O verdadeiro Deus (1Jo 5:20);
  • O único Salvador referido no Livro de Isaías (JESUS Cristo é JAVÉ);
  • Deus Redentor (Rm 10:13);
  • O Primeiro e o Último; o Alfa e o Ômega (Ap 1:8; 17-18);
  • A Rocha (1Co 10:4);
  • O Rei de Israel (Jo 12:14-16);
  • O Rei da Glória (1Co 2:8).

 

“Sabedoria essa que nenhum dos poderosos deste século conheceu; porque, se a tivessem conhecido, jamais teriam crucificado o Senhor da glória” (1Co 2:8)

 
Assim, na epístola que escreveu à igreja em Filipos, Paulo disse:

“Para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai.” (Fp 2:10-11)

 

Conclusão

Em Ap 3:18 aprendemos a buscar do Senhor ‘colírio para ungir os olhos, para enxergar’ a verdade espiritual. Os fariseus estudavam as Sagradas Escrituras, porém não tinham visão espiritual para discernir o Verdadeiro. Saulo recuperou a visão quando Ananias impôs as suas mãos sobre ele, e este passou a ser um grande apóstolo porque passou a enxergar nitidamente que JAVÉ é JESUS.

 

O batismo da salvação que a Bíblia nos apresenta é ministrado em nome do Senhor JESUS, porque não há outro nome que possa nos salvar (At 4:12). Isto significa que batismos feitos em nome da ‘trindade’ ou qualquer outro, não podem salvar o homem. E, lembre-se: o batismo é único; e este único batismo deve ser ministrado em nome de JESUS!