Jesus Cristo é Deus bondoso ou cheio de ira?

Os evangelhos nos apresentam Jesus como um Senhor bondoso, misericordioso que cura os enfermos e abençoa as pessoas de todas as classes sociais; que conforta os necessitados e perdoa os pecadores. Em oposição a todas estas descrições, encontramos em Apocalipse, a “ira do Cordeiro” e “o juízo de Cristo” sobre todos os que habitam na terra.
“E disseram aos montes e aos rochedos: Caí sobre nós e escondei-nos da face daquele que se assenta no trono e da ira do Cordeiro” (Ap 6:16)


A diferença básica está quando se fala da primeira vinda do Senhor que ocorreu há cerca de dois mil anos e a Sua próxima vinda. A primeira foi basicamente uma missão de misericórdia e salvação. A segunda, entretanto, será uma missão de ira.


Jesus que morreu como um Cordeiro (Jo 1:29), retornará como um Leão (Ap 5:5). Durante a sua primeira vinda, o Senhor foi uma cana quebrada (Is 42:3), mas na sua segunda vinda, Ele reinará com uma vara de ferro (Sl 2:9).
clique e leia 2Pe 3

Em outras ocasiões, as diferentes atitudes e ações do Senhor Jesus foram simplesmente devidas ao fato de que foram dirigidas a diferentes pessoas, ou condições. Por exemplo, o Senhor se irou com os hipócritas (Mt 23:1-39) e ficou indignado com os comerciantes que negociavam no Templo (Jo 2:13-22). Jesus amaldiçoou a figueira (Mt 21:19) que simbolizava o povo israelita infrutífero na fé que rejeitou o Salvador.
Por outro lado, o Senhor foi misericordioso para com os arrependidos e humildes de coração, mas cheio de ira para com os que não arrependeram de suas obras más.