Isaías profetizou há cerca de 2750 anos:

 

a) Deus estará conosco:

“Portanto, o Senhor mesmo vos dará um sinal: eis a virgem conceberá e dará à luz um filho e lhe chamará Emanuel.” (Is 7:14)

 

O cumprimento desta profecia foi confirmado por Mateus aproximadamente 750 anos depois:

“Ora, tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que fora dito pelo Senhor por intermédio do profeta: Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, e ele será chamado pelo nome de Emanuel (que quer dizer: Deus conosco)” (Mt 1:22-23)

 

b) Deus virá fisicamente, ou seja, na carne:

 “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz”. (Is 9:6)

 

Os termos menino e filho se referem à manifestação de “Deus Forte”, que é o “Pai” em forma física.

 

c) O nosso Deus virá para salvar e realizar muitas maravilhas:

“[…] Eis o vosso Deus. A vingança vem, a retribuição de Deus; ele vem e vos salvará. Então, se abrirão os olhos dos cegos, e se desimpedirão os ouvidos dos surdos; os coxos saltarão como cervos, e a língua dos mudos cantará; pois águas arrebentarão no deserto, e os ribeiros, no ermo […]” (Is 35:5-10).

 

Ora, é inegável que todas estas coisas aconteceram no ministério do Senhor Jesus Cristo, e foi confirmado por Ele próprio:

“Então, Jesus lhes respondeu: Ide e anuncia a João o que vistes e ouvistes: os cegos vêem, os coxos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados, e aos pobres, anuncia-lhes o evangelho.” (Lc 7:22)

 

d) Alguém prepararia o caminho de Deus:

Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do SENHOR: endireitai no ermo vereda a nosso Deus.” (Is 40:3).

 

Aqui Isaías declara que alguém clamaria no deserto e prepararia o caminho do SENHOR. (SENHOR, isto é JAVÉ). João Batista cumpriu esta profecia ao preparar o caminho para Jesus (cf. Mc 1:2-8).

 

e) O Criador virá pessoalmente à terra:

“Do tronco de Jessé sairá um rebento, e das suas raízes, um renovo” (Is 11:1)

 

Isaías descreveu o Senhor Jesus como rebento de Jessé (o pai de Davi) e como renovo das raízes de Jessé. Carnalmente, Jesus era descendente de Davi, porém espiritualmente, o Pai Criador de tudo o que existe.

“Naquele dia, recorrerão as nações à raiz de Jessé que está posta por estandarte dos povos; a glória lhe será a morada.” (Is 11:10)