Isaac Newton (Inglaterra, 1643-1727) é conhecido como um dos mais influentes cientistas no campo de astronomia, física e matemática. É atribuído a ele, a Lei da Gravitação Universal, as Três Leis de Newton, e as observações no campo de óptica.
Newton foi também, um grande estudioso da Bíblia. Ao fazer uma minuciosa verificação nos textos sagrados da Bíblia, Newton verificou que o texto de 1Jo 5:7-8 foi corrompido, por isso, não corresponde à versão original.
Parte dos versículos em questão que hoje em muitas Bíblias são apresentados entre colchetes, têm sido usadas como argumento preferido pelos defensores da doutrina trinitária. Newton mostrou que a frase “no céu: o Pai, a Palavra e o Espírito Santo; e estes três são um. E três são os que testificam na terra” não passava de uma anotação feita nas páginas da própria Bíblia por uma mente corrompida, que mais tarde, em 1515 foi introduzida pelo cardeal espanhol Francisco Jiménez como sendo mensagem original. Posteriormente, Newton escreveu muitos textos combatendo a falsa doutrina da Trindade.

As versões modernas da Bíblia como a versão Nova Linguagem de Hoje (NLH) e Nova Versão Internacional (NVI) já estão sendo editadas sem a frase em questão, que até hoje, os defensores da doutrina trinitária faziam questão de citar para provar a doutrina esta que foi elaborada pela igreja romana entre os séculos II e III.
Compare as versões bíblicas: