Inauguração do “tempo do fim”

“[…] Prepara-te, ó Israel, para te encontrares com o teu Deus.” (Am 4:12)

 

Em Atos 2, no dia de Pentecostes, cerca de 120 pessoas receberam o Espírito Santo, conforme a promessa do Senhor JESUS Cristo. Muitos transeuntes se maravilharam, outros ficaram atônitos, e outros ainda, zombaram dizendo estarem cheios de mosto, ou seja, alcoolizados por estarem falando em línguas estranhas. Em resposta às críticas, Pedro se levantou com os outros onze apóstolos e fez um discurso explicando o acontecimento inédito, porém profetizado por intermédio do profeta Joel que vivera pelo menos há 700 anos antes daquela histórica data:

 

“E acontecerá, depois, que derramarei o meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos velhos sonharão, e vossos jovens terão visões; até sobre os servos e sobre as servas derramarei o meu Espírito naqueles dias. Mostrarei prodígios no céu e na terra: sangue, fogo e colunas de fumaça. O sol se converterá em trevas, e a luz, em sangue, antes que venha o grande e terrível Dia do Senhor.” (Jl 2:28-32)

 

O Pentecostes é, digamos, inauguração do “tempo do fim”. O apóstolo Pedro indica que naquele instante, a primeira parte da profecia de Joel se cumpriu com o derramamento do Espírito Santo, contudo, o tempo do fim também tinham começado. Mais tarde, muitos prodígios seriam feitos por intermédio dos próprios apóstolos, o que indicaria o rumo da humanidade em direção ao encontro com o Senhor, na Sua segunda vinda e o Juízo Final:

 

” […] Uns para a vida eterna, e outros para vergonha e horror eterno.” (Dn 12:2)

 

O recebimento do Espírito Santo é selo de Deus e garantia da salvação:

  • “[…] Fostes selados como o Santo Espírito da promessa; o qual é o penhor da nossa herança, até ao resgate da sua propriedade, em louvor da sua glória.” (Ef 1:13-14);
  • “[…] Nos selou e nos deu o penhor do Espírito em nosso coração.” (2Co 1:22);
  • “Ora, foi o próprio Deus quem nos preparou para isto, outorgando-nos o penhor do Espírito.” (2Co 5:5)
  • “E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção.” (Ef 4:30).

 

A mensagem da importância do recebimento do Espírito Santo foi dada pelo próprio Senhor e Salvador JESUS:

  • “E, havendo dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo” (Jo 20:22);
  • “Porque João, na verdade, batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias.” (At 1:5).