“Tributai ao SENHOR a glória devida ao seu nome” (Sl 29:2)

O terceiro Mandamento diz:

“Não tomarás o nome do SENHOR, teu Deus, em vão, porque o SENHOR não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão.” (Êx 20:7)

 

Diretamente ou não, isto inclui uma série de cuidados que devemos tomar em relação ao santo nome do SENHOR, Seus títulos e atributos:

  • O nome de Deus deve ser santificado (Mt 6:9);
  • Honrar e reverenciar o nome de Deus (Dt 28:58-59);
  • O amor cumpre a Terceira Lei e também todas as outras (Rm 13:10). Somente aqueles que verdadeiramente amam a Deus é que guardam este mandamento (Sl 5:11; Is 26:8). Mt 6:9 nos ensina que o foco apropriado da oração vem somente daqueles que amam o nome de Deus e desejam vê-Lo glorificado;
  • Temer o nome de Deus com devida reverência (Dt 28:58);
  • Jamais usar indevidamente o nome de Deus (Êx 20:7);
  • Não esquecer o nome de Deus (Sl 44:20-21; Jr 23:25-27);
  • Confiar no nome de Deus (Pv 18:10);
  • O uso do nome do SENHOR em shows ou teatros não passam de falsa adoração;
  • Não usar indevidamente títulos e atributos próprios de Deus como “O Todo-Poderoso”;
  • Fazer conhecido o nome de Deus (At 9:15);
  • Tudo que é associado a Deus deve ser respeitado. Ex: Igreja, Bíblia, louvores, palavras.
  • Agir em nome de Deus, isto é, sob a autoridade do nome de Deus (2Ts 3:6);
  • Ao falar ou referir-se a Deus com máxima reverência;
  • Nunca usar o nome de Deus em juramentos falsos ou desnecessários (Tg 5:12);
  • Não devemos falar, adorar, ou invocar o Senhor sem a devida reverência;
  • Segundo a Bíblia, muitos pecados podem ser perdoados, porém há um tipo de blasfêmia que não será jamais perdoado (Mt 12:31-32);
  • Não se deve falar das coisas divinas em vão ou sem propósito, muito menos em piadas ou brincadeiras.
  • Os falsos cristos estão tomando o nome santo de Deus em vão. Dizer-se Cristo ou reivindicar para si mesmo este atributo é tomar o nome de Deus indevidamente;
  • Os falsos mestres e pregadores transgridem o terceiro mandamento ensinando em nome do SENHOR o que o SENHOR nunca disse;
  • Devemos viver para a glória divina (Is 25:1);
  • Há uma grande bênção prometida a todos os que conhecem o nome de Deus (Sl 1:14-16).

“Uns confiam em carros, outros, em cavalos; nós, porém, nos gloriaremos em o nome do SENHOR, nosso Deus.” (Sl 20:7)