Glória – Δοχαν (doxan)

O Versículo em Atos 7:56 registra as últimas palavras de Estêvão:

“[…] Eis que vejo os céus abertos e o Filho do Homem, em pé à destra de Deus.”

 

O texto acima, à primeira instância, dá a entender que o Senhor JESUS foi visto por Estêvão em pé ao lado direito de Deus, o Todo-Poderoso. Este é um versículo bastante lembrado para fortalecer a ideia trinitariana, porém, tal conceito é um grande equívoco.

 

Análise do contexto:

O Novo Testamento foi escrito em grego, e o texto grego de Atos 7:56, diz (grifo meu):

“και ειπεν· Ιδου, θεωρω τους ουρανους ανεωγμενους και τον Υιον του ανθρωπου ισταμενον εκ δεξιων του Θεου. “

 

δεξιων (dexion)

Observe que “direita” é o termo usado em português para traduzir a  palavra grega δεξιων (dexion). Ora, dexion é uma variação de um outro termo grego, δοχαν (doxan) que significa “glória”. Logo, no idioma grego:

δοχαν (doxan) = variação de δεξιων (dexion)

direita = glória

 

Assim, o texto em Atos 7:56 poderia ser mais próximo ao original em grego, se traduzido da seguinte forma:

“[…] Eis que vejo os céus abertos e o Filho do Homem, em pé na glória de Deus.”

 

Expressões como “a destra de Deus”, “a direita de Deus”, e a mão direita de Deus são ilustrativas podendo significar posição de honra; e símbolo de poder e força:

“A tua destra, ó Senhor, se tem glorificado em poder, a tua destra, ó Senhor, tem despedaçado o inimigo” (Êx 15:6)

 

Veja: Destra de Deus