Conhecereis a verdade

O SENHOR, nosso Deus é único. Este assunto tem sido frequente nas minhas pregações. Tenho certeza de que os irmãos que creem na unicidade de Deus tem adquirido este entendimento e sabedoria não através de estudos e constantes repetições do assunto; mas pela gloriosa revelação que veio do céu para cada irmão que busca a verdade de Deus e que não se conforma com o ensinamento enganoso deste século.

“Então, Jesus lhe afirmou: Bem aventurado és, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que to revelaram, mas meu Pai, que está nos céus.” (Mt 16:17)

 

De fato, se o Espírito Santo não revelar ao homem, este nada pode ter, nem entender. Que o SENHOR tenha misericórdia e revele os Seus mistérios às pessoas que de todo o coração O buscam.

 

A ciência

O papel da ciência é de confirmar as coisas que o SENHOR fez:

“A glória de Deus é encobrir as coisas, mas a glória dos reis é esquadrinhá-las.” (Pv 25:2)

 

Como já disse, não são as coisas terrenas que nos farão crer nas celestiais, nem as da carne revelar as do Espírito; no entanto, é sempre interessante obtermos confirmações a respeito do Caminho também através das coisas terrenas.

 

IMG_8995

Estude história
Ruínas romanas em Jerash

No Livro de Deuteronômio, temos um incentivo ao estudo de história:

“Agora, pois, pergunta aos tempos passados, que te precederam, desde o dia em que Deus criou o homem sobre a terra, desde uma extremidade do céu até à outra, se sucedeu jamais coisa tamanha como esta ou se se ouviu coisa como esta; ou se algum povo ouviu falar a voz de algum deus do meio do fogo, como tu a ouviste, ficando vivo; […] A ti te foi mostrado para que soubesses que o SENHOR é Deus; nenhum outro há, senão ele.” (Dt 4:33 e 35)

Nos países de língua inglesa, há uma explicação informal da origem da palavra “History”: HIS   STORY (história DELE), ou seja, de JESUS CRISTO.

 

Testemunho da irmã Madeleine Colussi

Aleluia!

Como já é do conhecimento dos nossos irmãos, este ano me ingressei na faculdade de história, na UFMS.

 

A primeira coisa que um dos professores nos disse, logo no primeiro dia de aula foi: “O imperador Constantino fez um grande estrago no cristianismo implantando muitas heresias, principalmente, a doutrina da trindade!”

 

Fiquei surpresa ao ouvir esta declaração de um magistrado. O assunto que tantas vezes eu havia ouvido na nossa igreja, de repente, estava ouvindo numa sala de aula da faculdade de história.

O professor prosseguiu e disse ainda: “O imperador romano Constantino fingiu a sua conversão ao cristianismo para conseguir maior número de seguidores, mudou muitos ensinamentos e doutrinas bíblicas para manipular os seus súditos conseguindo convencer até os cristãos mais sérios a praticarem heresias por ele instituídas”.

 

Digo a todos os irmãos: Nós, da igreja, estamos sendo verdadeiramente preparados para o encontro com o Único Deus, Jesus Cristo, e para entrada no Reino de Deus. Prestem bastante atenção às Palavras que o Espírito Santo dá à igreja, pois o que está sendo pregado na nossa igreja é de suma importância: o único e verdadeiro Deus é JESUS CRISTO.

 

É uma grande satisfação ter esta confirmação, mesmo tão longe, a quase mil quilômetros da minha igreja. Trindade foi, a princípio, uma doutrina falsa inventada pelos antigos romanos com interesses puramente políticos para manipular a população sob fachada de “uma religião oficial e universal”

 

 Em 1 Coríntios 2:10-12 lemos:

“Mas Deus no-lo revelou pelo Espírito; porque o Espírito a todas as coisas perscruta, até mesmo as profundezas de Deus. Porque qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o seu próprio espírito que nele está? Assim, também as coisas de Deus ninguém as conhece, senão o Espírito de Deus. Ora, nós não temos recebido o espírito do mundo, e sim o Espírito que vem de Deus, para que conheçamos o que por Deus nos foi dado gratuitamente.”

 

 “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” (Jo 8:32) 

Madeleine Colussi