A Bíblia e a escrita chinesa

A China e a sua cultura são tão antigas quanto a egípcia ou babilônica. Não se sabe o certo, mas alguns estudiosos supõem que a origem do povo chinês esteja relacionada aos sineus (Gn 10:17), povo descendente de Noé que após o dilúvio migrou para o lado oriental de Babel.

 

A escrita chinesa

A escrita chinesa é tão antiga quanto os hieróglifos egípcios. Pensa-se que após a Torre de Babel, os sineus tenham migrado ao Oriente para então fundar a China. Naquela época ainda não existia Bíblia*. Para não perderem as suas raízes, desenvolveram o seu próprio sistema de escritas, inserindo códigos que se tornaram estrutura dos ideogramas chineses utilizados ainda hoje, como veremos mais adiante.

 

Com o avanço do catolicismo, o clero romano passou a considerar pagãs as escritas antigas como hieróglifos ou escritas fenícias, forçando a extinção das mesmas. A escrita chinesa sobreviveu a esta perseguição, primeiro, por não ser de origem pagã (os europeus daquela época jamais saberiam disso), embora tenha tido considerável influência de monges; e segundo, por China se localizar geograficamente muito distante da Europa.

 

Atualmente, a escrita chinesa é usada na China, Coréia do Sul, Japão, Cingapura, Taiwan, Hong Kong e Malásia somando quase um bilhão e meio de usuários deste sistema de escrita. Até a Segunda Guerra Mundial, era também empregado em Mongólia, Vietnã e Coréia do Norte.

 

O sistema de escrita chinesa não é silábica e sim ideográfica, ou seja, cada caractere tem seu significado e fornece ideias a quem lê.  No Brasil, a escrita chinesa é denominada ideograma, nos países de língua denominaram pictogram; porém, os japoneses popularizaram a palavra kanji, e é assim que vamos chamar neste estudo.

 

O kanji mais simples tem apenas um traço e os mais complexos passam de 20 traços. A ideia dada pelo kanji pode diferir levemente em cada país usuário deste sistema de escrita; já a pronúncia é completamente diferente. Por isso, os países que adotam kanji mesmo não entendendo a língua falada uns dos outros, podem-se comunicar, embora com certa dificuldade, através da escrita, porque é como se estivesse interpretando figuras.

 

A origem do kanji

Qualquer aprendiz de kanji começa aprendendo que as figuras foram tornando kanji como você pode observar abaixo, da esquerda para a direita:

KANJI nR

 

Os antigos chineses se inspiraram na Palavra de Deus para desenvolver o seu sistema de escrita:

Aumente para melhorar a qualidade da imagem

[embeddoc url=”http://gloria-aleluia.org.br/wp-content/uploads/2014/12/kanji-14.pptx”]