A serpente e a jumenta falaram?

Nas Escrituras Sagradas, há pelo menos dois relatos de que animais falaram com voz humana:

  1. “Mas a serpente, mais sagaz que todos os animais selváticos que o SENHOR Deus tinha feito, disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?” (Gn 3:1);
  2. “Então, o SENHOR fez falar a jumenta, a qual disse a Balaão: Que te fiz eu, que me espancaste já três vezes?” (Nm 22:28).

A serpente e a jumenta falaram?

Não há nenhuma dificuldade em entender esses versículos, porque no primeiro caso, não foi propriamente a serpente que falou, mas o diabo que falou por meio dela.  Já no segundo, o próprio versículo se auto explica dizendo que foi o SENHOR quem fez a jumenta falar.

 

O que mais impressiona nesses versículos, não é o fato de animais terem falado, e sim que, tanto a Eva como o Balaão dialogaram naturalmente com esses animais, sem demonstrar qualquer indício de espanto. Como pode isso?

 

Em ambos os casos, o ser humano estava muito mais preocupado em se realizar do que guardar as Palavras do SENHOR, nosso Deus. Os olhos do espírito de Eva e de Balaão estavam cegos de tal maneira que não podiam perceber tamanha anormalidade.

 

De fato, não é de se admirar que a cada dia que passa, aumenta o número de pessoas que quando o Senhor Deus fala, ignora; e quando o inimigo tenta, se entrega. Assim não deve ser. Tomemos cuidado!!!

Leia: fóssil de cobra de quatro patas